Curso Online de Tecnologias de Reciclagem de Equipamentos Eletrônicos

O avanço tecnológico é o responsável pela melhoria na qualidade de vida das pessoas mas também, pela diminuição no ciclo de vida de equipamentos eletrônicos. Até 5 anos atrás, uma pessoa ficava com um aparelho de celular por cerca de dois anos. Hoje, apenas alguns meses. Conforme a tecnologia avança, novos equipamentos são lançados no mercado com muito mais funções. O que era moderno há 6 meses, hoje é ultrapassado.

Aliado a isso, a fabricação de robôs para substituir os humanos em diversos serviços, mas também para possibilitar saltos no desenvolvimento humano como na exploração do espaço e dos oceanos é uma forte tendência que já tem peso significativo no presente. Somando esses e outros fatores, conseguimos entender facilmente o porque de estudos da ONU e outras instituições de pesquisa mostrarem que a quantidade de resíduos eletroeletrônicos no mundo só aumentam. (Confira aqui). A cada ano, cada vez mais equipamentos eletrônicos com ciclo de vida cada vez menores são vendidos no mercado.

De olho nessa problemática, a ONU pressiona os países para desenvolverem políticas de recuperação desses resíduos. No Brasil, a Lei 12.305/2010 obriga fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes desses equipamentos a implantares a logística reversa e se responsabilizarem pela destinação final ambientalmente adequada dos equipamentos eletroeletrônicos.

Por serem compostos de diversos tipos de plásticos e metais, como ouro, prata e bronze, a disposição desses equipamentos em aterros sanitário é proibida e cria um dilema, principalmente porque as tecnologias para a recuperação das matérias primas utilizadas para a fabricação destes produtos ainda é praticamente inexistente no país.

Baseado em tecnologias existentes na Alemanha, o curso de Reciclagem de Resíduos de Equipamentos Eletrônicos é o primeiro de uma série que vai romper a barreira tecnológica e mostrar com exemplos práticos, como explorar o setor conhecido em países desenvolvidos como “Urban Minig ou Mineração Urbana”. As recicladoras deste tipo mostram que já não é mais necessário explorar minas, muitas vezes em florestas e em péssimas condições de trabalho para extrair metais, pedras raras e matéria prima em geral haja visto que, todos esses recursos naturais que um dia forma extraídos da natureza, hoje se encontram justamente nos produtos que compramos e descartamos.

Dados do curso:

Curso: Gestão e Gerenciamento de Resíduos Sólidos
Carga horária 40 hs
Disponibilidade 60 dias
Valor R$ 850,00
Autor Gleysson B. Machado
Matrícula  

Saiba mais sobre o curso:

  • Objetivo Geral

    O objetivo principal desse curso é demonstrar como planejar Linhas de Processamento para qualquer tipo de Resíduo Eletrônico com máquinas e equipamentos existentes no Brasil e no mundo e incentivar a implantação de Usinas de Reciclagem no país.

    Objetivos específicos

    • Definir e classificar os resíduos de acordo com normas nacionais e internacionais
    • Reconhecer os resíduos perigosos e não perigosos presentes nos Resíduos de Equipamentos Eletrônicos – REE
    • Entender os efeitos dos resíduos perigosos para o ser humano e para o planeta
    • Enquadrar o processamento de REE com a legislação nacional
    • Saber qual a ligação dos REE com o princípio de Responsabilidade Compartilhada
    • Como a Logística reversa influencia na Reciclagem de REE
    • Entender que peças fazem parte da composição dos Equipamentos Eletrônicos e suas devidas funções
    • Saber quais as substâncias compõem os Equipamentos Eletrônicos e reconhecer seu potencial de reciclagem
    • Reconhecer as principais máquinas necessárias para o processamento dos resíduos, entendendo suas funções, tipos e características
    • Ter noções sobre operação e manutenção das principais máquinas para o processamento de resíduos eletrônicos
    • Entender linhas de processamento de usinas de reciclagem de resíduos eletrônicos
    • Planejar e elaborar linhas de processamento para a reciclagem de resíduos de equipamentos eletrônicos escolhidos por você mesmo
    • Planejar linhas de processamentos para diversos equipamentos eletrônicos


  • Confira o conteúdo programático completo do curso:

    Especial: Usina de Reciclagem de Resíduos de Equipamentos Eletroeletrônicos de Frankfurt – Alemanha

    Nada melhor do que uma demonstração real para começar um projeto.

    Como parte do conteúdo extra oferecido no curso, você conhecerá a Usina de Reciclagem de Resíduos de Equipamentos Eletroeletrônicos de Frankfurt em fotos e vídeos feitos especialmente para este curso, contendo os seguintes pontos:

    • Descrição do Projeto da Usina
    • Detalhes sobre todos os 16 setores de operação da usina
    • Como adaptar o projeto da recicladora de Frankfurt a realidade brasileira incluindo os catadores de material reciclável ou reutilizável assim como a população de baixa renda
    • Diversos pontos para o estímulo ao desenvolvimento social com geração de emprego e qualificação
    • Descrição sobre como a usina mantém a sua viabilidade econômica
    • Truques e dicas para aumentar a lucratividade do empreendimento
    • Estratégias para a comercialização dos produtos da recicladora
    • Como manter a viabilidade técnica do empreendimento
    • Planejamento e crescimento da usina passo a passo, do processo totalmente manual ao processo automatizado.

  • Público Alvo

    Este curso é indicado para:

    • Empresários e investidores – O conhecimento adquirido no curso ajuda a planejar empreendimentos novos, assim como melhorar empreendimentos existentes;
    • Consultores – O conhecimento sobre as máquinas e equipamentos e a linha de processamento é fundamental para prestar serviços de qualidade;
    • Estudantes – Podem visualizar de maneira prática como se faz a reciclagem de resíduos de equipamentos eletrônicos;
    • Interessados – Ao conhecer os potenciais do setor, podem se desenvolver como empresários ou consultores.

    Área de atuação

    Os profissionais qualificados no curso de Tecnologias de Reciclagem de Resíduos de Equipamentos Eletrônicos do Portal Resíduos Sólidos poderao trabalhar em recicladoras ou mesmo inicializar o seu próprio empreendimento no setor, sabendo como buscar recursos públicos ou privados para implementação de negócios.

  • O curso é dividido em capítulos e tópicos. Os tópicos se dividem nas categorias de conteúdo aberto ou fechado. Os abertos, são tópicos publicados em um dos sites especializados da empresa EnviTeSB – Environmental Technology Solutions Brasil e o conteúdo fechado está disponível somente na plataforma online do curso. O conteúdo dos tópicos fechados é apresentado no mínimo nas formas de texto e vídeo aula. Ao se matricular, o aluno tem acesso imediato à todo o conteúdo do curso e poderá fazer seu curso na ordem e no horário em que achar melhor.

    Durante o curso, o aluno deverá realizar atividades práticas relacionadas ao curso e poderá tirar suas dúvidas através da plataforma online, emails, vídeo conferência, Whatsapp e até mesmo telefone diretamente com o seu professor.

    No final do curso, o aluno deverá elaborar um Trabalho para a Conclusão do Curso. Após a aprovação deste trabalho, o conteúdo deste trabalho será publicado no site e o aluno recebe o seu certificado em pdf via email. Tudo muito simples e prático.

    Trabalho de Conclusão do Curso

    O trabalho de conclusão do curso é totalmente prático e consiste na elaboração de uma linha de processamento para a reciclagem de um determinado equipamento (resíduo) eletrônico escolhido pelo aluno. Você termina o curso com um pequeno projeto para montar uma Recicladora de um determinado Equipamento Eletrônico.

    Depois de concluir e aprovar o trabalho, o aluno estará apto a projetar linhas de processamentos para diversos equipamentos eletrônicos.

  • A definição de Resíduos Sólidos de Equipamentos Elétricos ou Eletrônicos-REEE é dada pela Diretiva 2002/96/CE do Parlamento Europeu em seu Art. 3° e adotada pelo Brasil como sendo todos os componentes, subconjuntos e materiais consumíveis que fazem parte do produto no momento em que este é descartado cujo funcionamento adequado depende de correntes elétricas ou campos eletromagnéticos, bem como os equipamentos para geração, transferência e medição dessas correntes e campos e concebidos para utilização com uma tensão nominal não superior a 1000 V para corrente alterna e 1500 V para corrente contínua.

    Segundo essa mesma diretiva, computadores, telefones, impressoras, copiadoras e resíduos do tipo, conhecidos no Brasil como Resíduos Eletrônicos, são classificados como sendo da Categoria 03 de uma série de 10 categorias em que os resíduos de equipamentos eletroeletrônicos se dividem.

    O Curso Online de Tecnologias de Reciclagem de Equipamentos Eletrônicos é baseado em projetos de recicladoras consagradas em países desenvolvidos e é hoje o mais completo do mercado. Além do conteúdo real com filmes e fotos de usinas de reciclagem, é possível organizar excursões técnicas a centrais deste tipo na Alemanha para grupos a partir de 5 pessoas. Para saber mais sobre a programação e o valor, entre em contato por E-mail (portalresiduossolidos@gmail.com).