Aterro Sanitário

concepção e construção de Aterro Sanitário

O aterro sanitário é uma forma de disposição final ambientalmente adequada de resíduos sólidos, porém nem toda disposição final, pode ser chamada de aterro sanitário. Para isso é necessário obedecer aos seguintes requisitos:

  • Possibilidade de alojamento em células especiais para vários tipos de resíduos;

o   Células para rejeitos oriundos do lixo domiciliar;

o   Células de lixo hospitalar (caso o Município não disponha de processo mais efetivo para dar destino final a esse tipo de lixo);

  • Isolamento inferior não permitindo que o chorume atinja os lençóis freáticos;
  • Sistema de coleta e tratamento dos líquidos percolados (chorume), resultante da decomposição da matéria orgânica;
  • Sistema de coleta e tratamento dos gases do aterro;
  • Isolamento superior evitando contaminação do ar e atração de animais que se alimentem dos resíduos orgânicos;
  • O isolamento superficial (superior) deve ser feito diariamente;
  • Sistema de drenagem pluvial para evitar que a água da chuva penetre no aterro e dessa forma gere ainda mais chorume;
  • Pátio de estocagem de materiais.

No dimensionamento de um aterro sanitário é necessário levar em consideração, além das leis e normas técnicas, a Política Nacional de Resíduos Sólidos que define uma ordem de prioridade na gestão e no gerenciamento de resíduos sólidos, sendo a disposição final de resíduos, a última opção. Na prática, significa que menos de 10% do volume total de resíduos poderá seguir para aterros sanitários.

A EnviTeSB – LTDA – Environmental Technology Solutions Brasil trabalha na concepção e construção de aterros sanitários em acordo com as leis e normas brasileiras assim como o treinamento necessário para a gestão do projeto. Para receber uma proposta, envie um email para projetos@envitesb.com dizendo em que cidade pretende empreender. Entraremos em contato o mais rápido possível.